O Herói Perdido


Olá, pessoa! Como vai? Eu estou muito bem. Faz uma semana que eu terminei de ler O Herói Perdido do autor Rick Riordan (sim, esse mesmo que escreveu Percy Jackson) e o negócio é que eu comecei  a ler Starters, me empolguei e esqueci de fazer a resenha, então, somente quando terminei Starters é que eu tirei um tempinho para fazer esta linda resenha. Coloquei algumas fotos do livro ao longo do post e me desculpem, mas eu realmente não manjo em fotografia. 

A história é contada em três pontos de vista: do Jason, da Piper e do Leo. Certo dia, Jason acorda sentado em um ônibus cheio de jovens da Escola da Vida Selvagem, que é um internato para "crianças complicadas", ao lado de sua suposta namorada Piper e seu amigo Leo. Mas o problema é que Jason não se lembra de nada, absolutamente nada. Não sabe onde está, não sabe se tem família e nem quem é ou o que fez no passado. Tudo parece sem sentido. Até que os três são levados ao Acampamento Meio-Sangue, que é um acampamento para semideuses (filhos de deuses com humanos). A partir daí, eles terão que se preparar para um profecia onde nem todos sobreviverão e onde terão de contar com a ajuda de outros amigos para seguirem firme nesta jornada.

Eu achei este livro muito parecido com Percy Jackson no inicio, mas conforme a leitura foi fluindo eu percebi que os dois tem poucas coisas em comum. E aqui, entre amigos, posso afirmar pra vocês que eu gostei mais de O Herói Perdido do que de Percy Jackson. Mas tiveram algumas partes muito cansativas e maçantes, e eu confesso que toda essa história de amnésia estava me tirando um pouco a paciência, mas o final foi realmente esclarecedor e eu acho que valeu a pena.

 Agora vamos para os personagens. O nosso personagem principal é o Jason, o carinha da amnésia, que algumas vezes me deixou com vontade de dar um tapa na cara dele. Aí temos a Piper, que é a garota bonita super apaixonada pelo Jason, o pai dela é um ator famoso de Hollywood que está desaparecido e que não tem a melhor das relações com ela. Ela realmente me cativou em muitos aspectos, mas por causa de todo o mel pra cima de Jason, ela ainda não é a minha favorita, o que nos leva ao Leo. Esse é um dos melhores personagens criados pelo Rick Riordan. Leo tem um dom incrível com ferramentas, mas não é isso o que o caracteriza. Ele é engraçado, sarcástico e esperto, sendo que a maioria dos problemas eram resolvidos por ele. Realmente, acho que ele é quem devia ter sido o herói escolhido para liderar a missão. 

O livro em si é fabuloso. Tudo se interliga no final, e dá um sentido fantástico para a história. E o melhor de tudo foi as aventuras, que eu sinto que realmente passei junto com os heróis, cada perigo e enrascadas em que eles se metiam. Achei muito legal essa iniciativa do autor de colocar três narradores e achei que deu um toque a mais na história. Vale muito a pena adquirir essa lindeza.

✰ Ficha Técnica:  
Título: O Herói Perdido
Páginas: 439
Editora: Intrínseca
Autor: Rick Riordan
Avaliação:







Assisti - O Profissional

Olá! Alguns dias atrás eu assisti um filme que eu gostei muito e decidi compartilhar com vocês mais sobre ele, pois fazia algum tempo que eu não me surpreendia tanto com um filme, principalmente um filme de ação francês.


Esse é um filme sensacional e que já é um clássico, no qual Natalie Portman estreou no mundo do cinema, interpretando a jovem Mathilda. Com apenas 12 anos, ela é a única sobrevivente de uma família que foi morta por culpa de seu pai, que estava tendo problemas com policiais envolvidos com drogas. Sem saber o que fazer, o seu vizinho Léon decide abrigar e proteger a garota. Léon, interpretado por Jean Reno, é um assassino profissional que teve que reprimir suas emoções a fim de realizar seu trabalho, mas quando conheceu Mathilda, ele quebrou sua barreira de  isolamento e criou uma relação incomum com a menina. Mathilda cria uma sede de vingança, pois seu irmão de apenas 4 anos (o único da família com que Mathilda realmente se importava), foi brutalmente assassinado, sendo assim, ela pede a ajuda de Léon para que ele a ensine seu trabalho. 


Para ser sincera, eu gostei de tudo no filme desde o começo ao fim, mas o que mais me chamou a atenção foi o elenco, que foi muito bem escolhido. Gary Oldman ficou m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o como Stansfield, que é um vilão assustador, psicótico e corrupto, mas ao mesmo tempo é um personagem enigmático e interessante. Já o personagem de Natalie Portman, a Mathilda, é uma garota doce que encontrou um pai em Léon que nunca teve, mas por causa de suas experiencias na vida, como ter um pai traficante, uma madrasta prostituta e uma meia-irmã violenta, ela perdeu a inocência que uma criança normal teria, por isso admiro muito a Natalie por interpretar tão bem uma personagem tão complexa.
Este é um filme excelente, um dos melhores filmes franceses que já assisti, apesar de todo o banho de sangue. Conseguiu prender minha atenção do inicio ao fim, com ótimos diálogos e ótimas cenas de ação. Na verdade, gostei tanto oque no dia seguinte assisti novamente.  

Algumas imagens legais do filme:




Eu assisti pelo Netflix, mas senti falta de muitas cenas pelo que eu pesquisei, mas de qualquer forma valeu muito a pena. Recomendo ♥

 Ficha Técnica: 
Título: Léon-O Profissional
Duração: 1h e 49min
Gênero: Ação
Diretor:  Luc Besson
Elenco: Jean Reno como Léon
             Natalie Portman como Mathilda
             Gary Oldman como Stansfield 


5 livros que quero ler esse ano



Oi pessoal, como estão? Eu estou bem.
No post de hoje vou falar um pouco dos livros que mais quero ler em 2016, but first, feliz ano novo atrasado!! <3  Eu peço desculpas por não ter feito nenhum post nesses dias, mas eu estava muito ocupada com essas festas e tudo o mais, mas agora estou aqui, então, que vocês tenham um ano maravilhoso pela frente, com muitos momentos alegres  e inesquecíveis na vida de cada um de vocês. (P.S.: desejo muitos livros também!!)
Agora vamos para a parte boa. Eu selecionei cinco dos livros que eu mais quero ler em 2016, alguns são da meta de 2015 que não consegui cumprir ( x.x ), mas isso é de menos. Eu realmente espero ler todos esses, pois eu meio que tenho o costume de desviar das minhas metas. ashuas














Girl Boss: "Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso."




A Desconstrução de Mara Dyer: "Um grupo de amigos... Uma tábua ouija... Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto... até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente pertubada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações - ou seriam premonições? - Os corpois e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la....



Red Queen (Rainha Vermelha): "O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração."


Imagem de red queen and bookMemórias de Uma Gueixa: "Olhos cinza-azulados. Muita água em sua personalidade, é o que diz a tradição japonesa. A água que sempre encontra fendas onde se infiltrar, cujo destino não pode ser detido. Assim é Sayuri, uma das gueixas mais famosas de Gion, o principal distrito dessa arte milenar em Kioto. Com um olhar, ela é capaz de seduzir. Com uma dança, ela deixa os homens a seus pés. O que ninguém sabe é que, por trás da gueixa de sucesso, há um passado de perdas e desilusões de uma mulher que, desde o dia em que o pai a vendeu como escrava, fez cada uma de suas escolhas motivada pelo amor ao único homem que lhe estendeu a mão. Neste livro acompanhamos sua transformação enquanto ela deixa para trás a infância no vilarejo pobre e aprende a rigorosa arte de ser uma gueixa: dança e música, quimonos e maquiagens; como servir o chá de modo a revelar apenas um vislumbre da parte interna do pulso; como sobreviver num mundo onde o que conta são as aparências, onde a virgindade de uma menina é leiloada, onde o amor é considerado uma ilusão. Já idosa, vivendo nos Estados Unidos, ela narra suas memórias com a sabedoria de quem teve uma vida longa e o lirismo de quem soube encontrar nela seu lado mais doce. Neste relato único, que reúne romance, erotismo e, muitas vezes, a dura realidade, Arthur Golden desenvolve uma escrita refinada e dá voz a uma personagem instigante e humana que conquistou milhões de leitores em todo o mundo."



O Circo da Noite: "Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar.
Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá.
À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam.
Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba."



P.S.: Eu achei todas as fotos no Google.


E aí, o que acharam das minhas escolhas?
Beijos, Gio.

Resenha A la Mala



Olá pessoal, tudo bem? Hoje eu trouxe a resenha do filme A la Mala, que eu assisti no Netflix e amei!
Eu, geralmente, não gosto muito de filmes e novelas mexicanos, mas esse filme é realmente incrível e superou todas as minhas expectativas, uma pena que só tinha como assistir em legendado, porque o áudio é em espanhol. :c 

Nossa protagonista é a Mala, que é o apelido de Maria Laura. Ela é uma aspirante a atriz com dificuldades de arrumar um emprego e que, através de uma amiga, começa a fazer serviços para testar a fidelidade dos namorados de suas clientes e lucrar em cima disso. É meio ruim explicar, mas é mais ou menos assim: a cliente paga Mala, e ela deve seduzir os namorados das clientes para ver se eles são fiéis ao relacionamento (e a maioria não é).
Muitas mulheres de toda a cidade "contratam" Mala para o serviço, até que certo dia, uma produtora famosa faz uma proposta irrecusável para Mala: ela deve seduzir seu ex-namorado e depois quebrar-lhe seu coração, em troca, ela recebe o papel dos sonhos de Mala em uma série de TV. Enquanto ela tentava dificilmente ganhar o coração do rapaz, aconteceu uma coisa que ela não esperava: ela se apaixona por ele, e aí ela precisa tomar a difícil entre o emprego dos sonhos ou o amor de sua vida.






















O filme é muito legal, engraçado e romântico. Todos os personagens me cativaram de uma maneira que parecia que eles estava vivos e bem na minha frente, como se eu estivesse dentro do filme (meio louco isso, né? ;p).  Eu realmente recomento esse filme para todos que gostam de comédias românticas, pois é muito legal, e tenho certeza que você vai se divertir. O filme é muito pouco divulgado, e eu realmente acho que deveria ser mais famoso, pois é maravilhoso. Então, fica aí uma ótima dica pra você que gosta desse estilo de filmes.


























Ficha Técnica: 
Título: A la Mala
Duração: 1 hora e 45 minutos
Gênero: Comédia Romântica
Diretor:  Pedro Pablo Ibarra
Elenco: Aislinn Derbez como Maria Laura "Mala" Medina
             Mauricio Ochmann como Santiago
             Papile Aurora como Kika
             Luis Arrieta como Pablo
             Daniela Schmidt como Patricia



~ Beijos, Gio.

Resenha Aristóteles e Dante Descobrem Os Segredos do Universo

Olá, como você está? Eu estou bem.
Hoje trago a resenha do livro Aristóteles e Dante Descobrem Os Segredos do Universo. Li esse livro há um mês, e na época, eu tinha lido ele em inglês para fazer uma apresentação para o meu curso e tals. No começo eu estava um pouco hesitante em relação a esse livro, mas conforme a história foi se desenvolvendo, me encantei com tudo, desde os personagens até o cenário e a época em que se passa.
Sem mais delongas, vamos lá!

A história começa no verão de 1987.  Aristóteles é um triste e solitário adolescente de quinze anos, que tem problemas em fazer amigos e um complicado relacionamento com sua família. Seu pai, um veterano do Vietnã, retornou da guerra, mas em sua cabeça, ele ainda está lá. O irmão mais velho de Ari, foi para a prisão, a ultima vez que ele viu seus irmão foi quando ele tinha quatro anos e a família de Ari nunca fala muito sobre ele e fingem que ele não existe.
Um dia, Ari decidi ir nadar na piscina do Memorial Park. Foi uma pequena ideia, mas Ari não sabia nadar. Então, ele conhece Dante, um garoto maravilhoso que gosta de ler, aprecia poemas e se perde em arte, e se oferece para ensinar a Ari como nadar. Este é o inicio da bela, intensa e complicada amizade entre eles.

Narrado em primeira pessoa pelo Ari, esse livro pode parecer longo, mas na verdade é bem rapidinho de lê-lo. Esse meu exemplar em inglês tem 359 páginas que eu li, se eu não me engano, em dois ou três dias tranquilo. A capa, como vocês podem ver, é M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A. Já fazia algum tempo que eu queria ler esse livro, mas eu sempre comprava outro no lugar por impulso, até que chegou um dia que eu estava navegando tranquilamente pela Amazon e me deparei com essa belezura, e, aproveitando que eu tinha que fazer a apresentação de um livro em inglês, nada melhor que esse. E se você ainda é iniciante, digamos assim, em inglês, eu realmente te recomendo a ler esse livro, pois o nível de inglês dele é bem fácil (recomendo que você tenha feito pelo menos um ano de inglês, por aí. Não adianta você fazer uma aula e querer sair por ai lendo uma biblioteca em inglês que não vai rolar, desculpa). Realmente, esse livro merece todos os prêmios que recebeu e posso dizer que esse é o melhor livro Young Adult realista que já li em toda a minha vida e um dos melhores de 2015. Ele me fez enxergar o mundo com outros olhos, observar e refletir sobre tudo o que existe de uma forma que me atingiu profundamente. Por favor, se você ainda não leu esse livro, vá correndo, pois eu te garanto que vai ser umas das melhores coisas que você vai fazer em sua vida.


✰ Ficha Técnica:  
Título: Aristotle and Dante discover the secrets of the universe
Páginas: 359
Editora: Simon & Schuster Books for Young Readers
Autor: Benjamin Alire Sáenz
Avaliação:

~ Chu chu 
Gio.